esportes Brasil X Sérvia
Atualizado em 27/06/2018 - 17:15:51
eliz
Brasil vence a Sérvia e garante 1º lugar do grupo E
Adversário da seleção nas oitavas de final será o México
no14
Depois de um empate com a Suíça e de uma vitória sofrida contra a Costa Rica, o Brasil fez a sua melhor partida da Copa, jogou com confiança e venceu a Sérvia por 2 a 0, com gols de Paulinho e Thiago Silva. O resultado garantiu o primeiro lugar do grupo E para a seleção brasileira, que se classificou com a Suíça. Nas oitavas de final, o time treinado por Tite encara o México, enquanto os europeus pegam a Suécia.
Tite encara o México, enquanto os europeus pegam a Suécia.
Já o técnico sérvio Mladen Krstajic efetuou algumas mudanças em relação ao time que perdeu para a Suíça na última rodada. Saíram Ivanovic, Tosic e Milivojevic para a entrada de Rukavina, Vejkovic e Ljajic, respectivamente. Outra modificação foi de posicionamento. Com Ljajic como meia central jogando por trás do centro-avante Mitrovic, o jovem Milinkovic-Savic foi recuado para atuar como segundo volante ao lado do experiente Matic, numa tentativa de aprimorar a saída de bola da Sérvia.
Logo no início, antes dos três minutos, Gabriel Jesus, que é contestado por muitos por ser titular no lugar de Roberto Firmino, atrapalhou chute de Philippe Coutinho e perdeu um gol cara a cara com o goleiro Stojkovic. Sua sorte foi que o auxiliar marcou corretamente o impedimento.
Depois de ter ido para a Copa sem Daniel Alves, aos sete minutos o Brasil perdeu sua outra referência na lateral, quando Marcelo sentiu lesão na região lombar e precisou dar a vaga para Filipe Luís.
Com o jogo pouco movimentado e sem espaços, a primeira finalização saiu apenas 17 minutos depois, quando Jesus disputou a bola com dois zagueiros sérvios e a bola sobrou para Neymar, que chutou para boa defesa de Stojkovic. Na sequência, o atacante do Manchester City recebeu bom passe, partiu sozinho, cortou o primeiro e tentou chutar, mas foi travado por um bloqueio providencial do defensor de sobra.
O espaço para o gol só surgiu quando Paulinho colocou em prática o que sabe fazer de melhor: a infiltração surpresa. Em boa arrancada entre a defesa sérvia, o volante do Barcelona recebeu passe milimétrico de Coutinho e tocou por cima de Stojkovic para fazer 1 a 0 para o Brasil.
Como precisava virar o jogo para tentar a classificação, a Sérvia adiantou seu posicionamento, e o segundo tempo começou mais aberto, apesar das poucas chances realmente boas para os dois lados, que pecavam na hora do passe final.
A portunidade clara surgiu novamente dos pés de Coutinho, o melhor jogador do Brasil na Copa. Em lindo passe para William, o meia recebeu de volta, armou o contragolpe e lançou para Neymar com perfeição. O camisa dez da seleção entrou na área e chutou para defesa segura de Stojkovic.
A resposta Sérvia foi imediata. Em bola cruzada na área, Alisson bateu roupa, e Thiago Silva salvou o chute de Mitrovic, que ia em direção ao gol. Minutos depois, o atacante sérvio cabeceou livre e obrigou Alisson a fazer outra defesa.
Quando estava em seu pior momento no jogo, o Brasil chegou ao segundo gol, numa cabeçada violenta de Thiago Silva após cobrança de escanteio de Neymar.
 
Neymar beija Thiago Silva após o gol de cabeça do zagueiro - GRIGORY DUKOR / REUTERS
Depois de trocar Paulinho por Fernandinho, Tite resolveu poupar Philippe Coutinho, que estava pendurado e poderia ficar de fora das oitavas de final caso levasse outro cartão amarelo. Assim, entrou em campo Renato Augusto.
A cinco minutos do fim, Neymar saiu na cara do goleiro, tentou dar um lençol em Stojkovic e foi parado pelo sérvio, que tocou com a mão na bola no último instante. Apesar de tentar, o Brasil não chegou ao terceiro gol, mas jogou bem, com calma e construiu a vitória com tranquilidade. Na próxima segunda, a seleção enfrenta o México, que perdeu para a Suécia por 3 a 0 nesta quarta.
Fonte:O Globo
Foto:CARL RECINE / REUTERS
 
no15
no1
no2
no3
no4
no5
no6
no7
no8
no9
no10
no11
no12
no13